Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Vidas sem valor, exemplo ignorado

Nós, joinvilenses, tivemos perdas irreparáveis de líderes em acidentes aéreos. Para ficar apenas em tres: Dieter Schmidt, Cao Hansen e Harold Nielson.A morte destes homens resultou em verdadeiras tragédias para as famílias, mulhares de funcionários e toda Joinville.
Podemos considerar que a morte de Dieter resultou também em perda das características de comprometimento social da Tupy além do enfraquecimento do grupo no cenário mundial. O mesmo seu deu no caso de Cao. A Tigre enfrentou problemas sucessórios. Hoje segue grande mas sem a liderança social que exercia. A morte de Harold Nielson resultou na falência da Busscar com todas as suas consequências sobejamente conhecidas e trágicas.

Na noite de hoje Udo Dohler assume a presidência da ACIJ e passa a liderar um colegiado que reúne 18 líderes que representam centenas de empresários dos quais dependem os destinos de empresas e a tranquilidade de dezenas de milhares de colaboradores.
A pergunta que se impõe. Quanto vale a vida desses homens, a começar pela do presidente da Acij?
Parece-me que muito pouco. Não fosse assim já teriam se cotizado para pagar os rídiculos R$ 2,1 milhões que custa do tal ILS.

Nenhum comentário: